VOCÊ ESTÁ EM:

Jumping Jig NS Massa 28

Mini
Mini
Mini
Comprar
Produtos disponíveis: 6
Por: R$ 24,90  
 
 
ou R$ 23,65 no Boleto, Depósito ou Transferência Online

OPÇÕES QTD
Agrupado ROSA AZUL
Agrupado CROMADO
Agrupado LIMÃO
Agrupado LISTRA LIMÃO
Agrupado LISTRA ROSA
Agrupado ROSA VERDE
Opções de Pagamento
Pagar.Me
  • 1x sem juros de R$ 24,90
  • 2x sem juros de R$ 12,45
  • 3x sem juros de R$ 8,30
  • 4x sem juros de R$ 6,23
Pague com BOLETO em qualquer banco até vencimento.
A vista por R$ 23,65
Faça DEPÓSITO em nossa conta.
A vista por R$ 23,65
Pague com PAGSEGURO UOL em até:
  • 1x sem juros de R$ 24,90
  • 2x com juros de R$ 13,01
  • 3x com juros de R$ 8,80
  • 4x com juros de R$ 6,70
*PAG SEGURO UOL (juros de 3% a.m)   
COMPARTILHE
CARACTERÍSTICAS

Jumping Jig fabricado pela NS, o modelo Massa funciona muito bem para pesca de robalos e pescadas. A grande maioria dos "robaleiros" o tem como primeira e às vezes única opção na caixa de pesca tamanha produtividade que a isca apresenta. Com formato e peso modernos, o Massa apresenta como principal característica uma descida rápida e nado bastante errático principalmente quando empregamos um trabalho mais lento. Por se uma isca curta mesmo nas versões de maior peso, é uma ótima opção quando os peixes preferem modelos menores. Recomenda-se o uso do Suporte Hook e até mesmo de garatéias reforçadas.

- Modelo: Jumping Jig NS Massa 28
- Tamanho aprox.: 5,5cm
- Peso: 28g
- Acão: Fundo
- Fabricado no Brasil

*Obs: A Cor cromada tem preços diferentes:
26,90 - cartões de crédito
25,55 - pagamentos á vista


0 de 500
Tempo aproximado de resposta: 2 horas - De segunda à sexta feira em horário comercial.
DEPARTAMENTOS DEPARTAMENTOS
PARCEIROS PARCEIROS
Banner
CONFIRA CONFIRA
Banner
AVISO LEGAL A loja Serra Pesca se reserva o direito de cancelar a venda sempre que não haja disponível em estoque o produto. Qualquer pedido de compra com EXCEÇÃO para os seguintes estados: AM; MG; PR; RJ; SC e SP, ficará sujeito ao recolhimento de ICMS adicional pela SEFAZ (Secretária da Fazenda) no posto fiscal da fronteira do estado de destino, devido ao protocolo ICMS 21/2011 de 1º de Março de 2011, a SEFAZ do seu estado pode reter a(s) mercadoria(s) e exigir a guia de pagamento. O valor do imposto não está incluso no preço da(s) mercadoria(s) e deverá ser pago pelo cliente.